No Cine-Teatro Avenida

Gil Vicente alimenta animais

Em Portugal vi eu já… é o nome da peça que sobe ao palco do Cine-Teatro Avenida no próximo sábado, dia 28 de Janeiro, pelas 21h30. O bilhete para o espectáculo custa uma lata de comida ou um pouco de ração para os animais da Associação de Protecção e Apoio ao Animal Errante (APAAE).

A APAAE realizou uma experiência idêntica, em Setembro do ano passado, com o grupo de teatro Váatão

A APAAE realizou uma experiência idêntica, em Setembro do ano passado, com o grupo de teatro Váatão

A Câmara de Castelo Branco uniu-se a esta iniciativa com o objectivo de apoiar uma associação que tem desenvolvido um "trabalho muito positivo em prol dos animais", explicou o vice-presidente Luís Correia, em conferência de imprensa.

Já a APAAE pretende, segundo Maria Rosário Pereira, "divulgar o parque de bem-estar animal" de uma forma divertida. Dois cães, do grupo de Teatro das Beiras, estiveram na origem deste projecto. As mascotes da companhia tiveram uma ninhada de oito cachorrinhos. A APAAE acolheu metade desta ninhada que, de outra forma, poderia ser abatida.

O grupo de teatro escolheu assim a sua sexagésima produção - Em Portugal vi eu já… - encenada no ano passado por Gil Nave, para apresentar em Castelo Branco, como forma de retribuir o gesto.

Vinte e cinco personagens aventuram-se numa viagem alucinante pelo universo de Gil Vicente "entre farsas, moralidades, fantasias alegóricas ou éclogas pastoris". O texto mistura excertos de várias obras vicentinas: Auto da Festa, Juiz da Beira, Velho da Horta, Barca do Purgatório, Triunfo do Inverno (de onde nasce o nome da peça), Floresta d'Enganos e Breve Sumário da História de Deus. A peça inclui também diversos temas musicais, alguns deles inspirados na música ibérica de autores anónimos do século XVI ou em melodias tradicionais portuguesas.

Uma lata de ração vale a entrada para o teatro

Uma lata de ração vale a entrada para o teatro

O espectáculo, para maiores de 12 anos, conta com a participação dos actores António Saraiva, Flávio Hamilton, Pedro Fiuza, Sofia Bernardo e Sofia Vaiadas.

A APAAE acolhe actualmente cerca de 300 cães e alguns gatos, no parque de bem-estar animal - três hectares e meio de terreno para os animais perdidos ou abandonados da Região. Este serviço regista uma média de cinco adopções por semana. "Somos procurados por pessoas de todo o País" afirma Maria do Rosário Pereira, acrescentando que estes são animais vacinados, registados e bem-tratados.

Com 300 animais para alimentar, a APAAE espera que a peça de teatro tenha bastante afluência o que significará "uma refeição melhorada".

Ruthia Portelinha in Gazeta do Interior
(2006-01-25)

Adoptar
      Fazemos Tosquias, Banhos e temos Centro de Férias para o seu animal. Vamos buscar o animal ao seu domicílio.           Fazemos Tosqui
«  Janeiro 2006 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232426272829
3031 

RGPD

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) é uma regulamentação que já se encontra em vigor nos países da União Europeia (UE) desde 2016, mas que se tornou obrigatória a partir de 25 de maio de 2018.»»

10 Mai 18

Inquérito

Um inquérito da iniciativa da APAAE foi levado a cabo junto de todas as turmas do 12º ano das escolas de Castelo Branco, pelos respetivos Diretores de Turma, sobre o que estes jovens, pensam acerca da realização de touradas.
Revelou que 80% dos inquiridos são contrários à realização das mesmas.
Um número tão expressivo deverá fazer-nos refletir.

10 Mai 16

Consulázaro, 3º Aniversário

O Consultório Veterinário da APAAE assinala três anos ao serviço do bem estar de todos os animais de todos os donos.
Consultas, RX, ecografias, vacinas, castrações, banhos e tosquias.

10 Mai 16

Comunicado da APAAE

Esterilizar e Castrar é Amar»»

09 Mai 16

18 Anos sem Abates

A APAAE comemora em 2016, dezoito anos sem abates no concelho de Castelo Branco.
Esperemos que rápidamente este novo paradigma deixe de ser exceção e passe a regra em todo o país!

06 Mai 16

mais notícias…

seguenos