Associação Cantinho dos Animais desalojada

Situação Dramática

Autarquia de Beja desaloja Associação Cantinho dos Animais obrigando-os a abandonar no local cerca de 120 animais.

Quem navega pela internet e consulta os sites das Associações Protectoras dos Animais, fica horrorizado ao ler e ver as fotos que documentam as situações em que se encontram

Situações que vão desde o:

Como se não bastasse este panorama tão degradante e insuficiente das associações que protegem os Animais de Companhia, também os canis/gatis da maioria das Autarquias contribuem para esta situação dramática dos animais, devido ao facto de na sua maioria não estarem licenciados, às péssimas condições em que se encontram, ao facto de abaterem a grande maioria dos animais (nalguns casos comprovados por métodos desumanos) e por falta de uma políticade gestão que procure formas dignas de controlar a população animal e melhorar o seu bem-estar.

Os Animais foram criados pela mesma mão caridosa de Deus que nos criou... é nosso dever protegê-los e promover o seu bem estar.

Madre Teresa de Calcutá

O exemplo do que se está passando em Beja em que a Autarquia recusou a continuação da gestão do espaço concedido há anos à Associação Cantinho dos Animais de Beja. Estipulando no mês de Maio que esta teria 3 (três) meses para encontrar um local alternativo para continuar a desenvolver a sua actividade. Isto obrigou-os a abandonar no local cerca de 120 animais, é impressionante e desanimador o futuro destes animais.

Do 25 de Abril e da entrada no Mercado Comum, que melhoram a situação económica do pais com benefício directo de muitos cidadãos, não restaram sequer migalhas dessa riqueza para estruturar e favorecer aqueles que desde à muito vivem connosco. Em tantos casos maltratados e explorados, sem considerarem os seus benefícios, a sua utilidade, a sua protecção e acompanhamento.

Existem felizmente a nível Nacional algumas (poucas) autarquias que já estão tentando encontrar soluções justas e dignas, como é o caso do exemplo da autarquia de Castelo Branco que em parceria com a Associação de Protecção e Apoio ao Animal Errante, criaram o 1º Santuário para os Animais Errantes, só possível com o apoio autarquia.

Todos os AMIGOS dos Animais deviam unir-se junto das Associações que já estão implantadas, para ajudarem como Sócios(as) e como Amigos(as) dos Animais, a resolverem de vez junto das Entidades Responsáveis e dos Dirigentes, a consolidação da existência de estruturas próprias, sustentadas economicamente com donativos e com voluntariado.

Mira da Silva in Jornal Diário do Sul
(2007-09-03)

Adoptar
      Fazemos Tosquias, Banhos e temos Centro de Férias para o seu animal. Vamos buscar o animal ao seu domicílio.           Fazemos Tosqui
«  Setembro 2007 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
 12
456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

RGPD

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) é uma regulamentação que já se encontra em vigor nos países da União Europeia (UE) desde 2016, mas que se tornou obrigatória a partir de 25 de maio de 2018.»»

10 Mai 18

Inquérito

Um inquérito da iniciativa da APAAE foi levado a cabo junto de todas as turmas do 12º ano das escolas de Castelo Branco, pelos respetivos Diretores de Turma, sobre o que estes jovens, pensam acerca da realização de touradas.
Revelou que 80% dos inquiridos são contrários à realização das mesmas.
Um número tão expressivo deverá fazer-nos refletir.

10 Mai 16

Consulázaro, 3º Aniversário

O Consultório Veterinário da APAAE assinala três anos ao serviço do bem estar de todos os animais de todos os donos.
Consultas, RX, ecografias, vacinas, castrações, banhos e tosquias.

10 Mai 16

Comunicado da APAAE

Esterilizar e Castrar é Amar»»

09 Mai 16

18 Anos sem Abates

A APAAE comemora em 2016, dezoito anos sem abates no concelho de Castelo Branco.
Esperemos que rápidamente este novo paradigma deixe de ser exceção e passe a regra em todo o país!

06 Mai 16

mais notícias…

seguenos